Pages

segunda-feira, dezembro 15, 2008

Borboleta

Uma borboleta saindo de seu casulo. Pensando em como será o mundo Lá fora, mesmo já tendo passado por diversas transformações, a pequena borboleta que cabe na palma de uma mão, e com suas cores alegres, percebeu sua mutação, mas passou tanto tempo fechada em seu universo, que a insegurança de sair e conhecer o mundo lhe toma conta. Que a pobre Borboleta, sai com toda sua desconfiança olhando pra todos os lados, seus olhos começam a brilhar de ver o que perderia se continuasse a temer.
Mas mesmo assim ela se mantém recuada, admirando tudo o que é novo, os lugares, cores, luzes, cheiros, sensações inexplicáveis pra pequenina borboleta, seu coração pulsa acelerado quando avista alguma coisa nova. Sendo tudo diferente daquele “lar” escuro e apertado,o que está vendo,conhecendo, se rendendo é tão grande esplendoroso que os suspiros vêem com mais intensidade. Meu deus que liberdade que ela tem agora, suas assas batem aceleradamente, fazendo o vento bater cada vez mais nela e demonstrar que agora a pequenina borboleta é livre, é do mundo. Muito mais que nós que sempre nos prendemos a algo e deixamos de viver. Ela não se prende a essas besteiras, só deseja o mundo.
Suas cores se iluminam pela manha e reluz á noite,Oh pequenina Borboleta,pura,livre,leve,linda e solta.

5 Opinões.:

brotinhu disse...

lindo textooo *--*
mostra o q eh realmente sentir a liberdade!!!!!
liberdade eh uma coisa taum bom
ela naum tem preço!!!!!! *-*
c naum tivermos liberdade
morremos sufokados... ><

Andréia disse...

que lindo! quero ser igual a essa borboleta.. amei fofa! parabens!!!

bjus e boa semana

Arlequim disse...

oown*-*
Que bonito.
Realmente o "novo" tem um poder enorme de nos assustar, mas isso é só no começo, depois ele vira velho e ja era. rs
Beijão

Jana disse...

Sem lenço e sem documentos, num sol de quase dezembro?

Eu vou.

Beijoca
:)

Hugo Ceregato disse...

Eu passei por uma dessas metamorfoses. É mudar e viver. A vida é bem assim.