Pages

quinta-feira, abril 07, 2011

Madrugada


Já é tarde da madrugada quando o telefone toca,acordo meia assustada e na verdade preocupada.Na bina vejo o numero dele ,fico apreensiva,afinal o que será?Digo alô com uma voz tremula.Demora a responder e começa meio sem sentido dizendo que precisamos conversar e que me ama,mais tem medo desse turbilhão de responsabilidades ainda mais com o bebe,e também precisa de espaço,pergunto aonde ele está?Não responde e desliga.
Penso em retornar,pois fiquei tão confusa,mas logo me lembro que minha psicóloga para te calma,me dar valor e dar o tempo que for preciso,minhas amigas acham que eu num devo criar falsas esperanças e ignorar.
Não vou ligar,só vou passar mais nervoso,acho que tava bêbado,bem provável,juro que amanhã deixo meu telefone fora do gancho.
E lá vai eu passar mais um a noite em claro,me irrito,pois contudo isso essa foi uma noite excepcional tava dormindo bem,e agora foi voltar pra minha saga ligar a TV e ver desenhos ou propagandas de vendas inúteis até amanhecer com o intuito de cochilar ao menos.

4 Opinões.:

d. disse...

noites em claro são quase uma rotina na minha vida.. depois vem a sonolencia durante o dia.. e as olheiras.. seria bom se tivessemos um desses filtros de emoções, não é?

Long Haired Lady disse...

eu acho que quando se ama de verdade tudo pode, tudo quer!

Fernando BS disse...

A insônia é uma dádiva cabível apenas aos mais honrosos. Gozar da madrugada como companheira é um dom que não se pode remediar e negar; é a nossa única companheira fiel e insubstituível.
O tempo, agora, irá tratar de trazer as cartas à mesa. De forma que, então, ao término de alguma madrugada em claro, nada mais lhe faltará.

Continue com o trabalho
Parabéns

Daniela Filipini disse...

Não dê ouvidos à quem não sente o que você sente.